quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

"Mães perfeitas?!?! Eu fujo delas! E vocês?"

#@ Pelo título já deu para perceber que não me considero uma mãe perfeita; longe disso. Aprendi que antes de sermos mães todas somos perfeitas - até que nasce um filho e começamos a morder a língua 😜... 
Mas, de uma coisa eu tenho a certeza: sou a melhor mãe que consigo e sei ser; e, mesmo cheia de imperfeições, a Mariana ama-me incondicionalmente. E, é apenas isso que importa.

No entanto, nem sempre foi assim... Não é fácil não nos compararmos com outras mães; é mais forte do que nós: ou porque são mais calmas; ou têm mais paciência; ou recuperaram o peso mais rápido; ou porque os filhos são mais tranquilos; ou porque dormem a noite inteira...
Só que,esquecemo-nos de uma coisa: enquanto nós dizemos a verdade sobre o que sentimos e vivemos, as denominadas "mães perfeitas" podem não o estar a fazer... Já pensaram nisso?

Não será estranho que tenham filhos perfeitos, que não fazem birra; que comem sempre tudo; e que obedecem a tudo? Não é de ficar com a "pulga atrás da orelha" que os filhos destas "ditas mães perfeitas" façam tudo à primeira, sem ser necessário repetir nada? 

Além do que, normalmente, têm casamentos perfeitos; casas organizadas com roupa, loiça e brinquedos sempre arrumados; e estão sempre ar "fresco e fofo", sem olheiras, com cabelo e unhas arranjadas, e nunca dizem estar cansadas. Qual será o segredo, afinal? 
Não tenho nada contra, mas acho, no minímo, demasiado perfeito, para ser real... E perdoem-me se estou a ser injusta, mas é o que sinto... 

Quando "descubro" uma mãe assim fujo. A sete pés... Porquê? Simples. Porque eu (e a maioria das mães do mundo inteiro!) dizemos o que pensamos, o que vivemos, o que sentimos, sem "cenários cor-de-rosa" ou "paninhos quentes" - o real. E "estas mães", na maioria das vezes, tecem comentários menos simpáticos, de "famílas perfeitas", fazendo-nos sentir inseguras, e até questionar se estamos a fazer bem; chegando ao ponto de nos sentirmos culpadas por sermos como somos. 

Chega! Deixemos de dar ouvidos a tudo o que nos dizem. Não acreditemos em tudo o que lemos e vemos. Confiemos mais em nós; no nosso instinto; nas nossas escolhas; no que o nosso coração nos diz...
Deixemos de nos comparar às outras mães. Não há duas mães iguais; não há dois filhos iguais; não há duas famílias iguais. Todos somos diferentes. E é essa uma das belezas de ser mãe: a unicidade; a singularidade; o laço único e inquebrável que uma mãe cria com cada um dos seus filhos.
Somos todas mães; "estamos todas no mesmo barco", nesta grande viagem que é a maternidade, tão cheia de deliciosos, imprevisíveis e inigualáveis desafios. Simplesmente, algumas de nós escondem a parte mais difícil. Outras não. 

E vocês, que tipo de mãe se consideram? Também tinham o (péssimo!) hábito de se compararem a outras mães? Contem-me tudo. Já sabem que "sou toda ouvidos".

Espero-vos no próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos ainda no Instagram aqui e no blogspot também conto convosco - vão à página inicial aqui do blogue; no canto superior direito clicam "seguir" e já está 😊.

@Mamã do @Bazar @#

4 comentários:

  1. Uma altura nem podia ler nada das " perfeitas " que me faziam ir abaixo e duvidar de mim como mãe!! Hoje em dia assumo-me facilmente como uma mãe inteira,no melhor que sei e tenho para dar, se não entrar nos parâmetros dos outros paciência!! Para mim e para o meu filhote resulta na perfeição!!!

    ResponderEliminar
  2. Planeio aprender aos poucos quando for mae e este post mostroume qe nao sou a unica a ter inseguranças sobre o que vira' ai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é não.
      Somos muitas. Simplesmente, umas escondemos melhor que as outras 💖

      Eliminar

"Sete anos do melhor de mim..."

#@ Sete anos; a minha princesa faz hoje sete anos 💖. Filha, apesar de hoje ser o dia do teu sétimo aniversário, já te amo há mais tempo que...