sábado, 31 de março de 2018

"É tão bom quando fico na tua caminha mamã!"

#@ De vez em quando, a Mariana pede para dormir comigo, na minha cama, sobretudo quando o maridão está a fazer noite. Muitas vezes digo que não, porque ela transforma-se na "Miss Karateka"  durante o sono, e passo a noite a "levar" com pontapés, encontrões e cabeçadas 😂(além do que gosto "daquele momento" só meu; em que posso ver algumas séries ou escrever o que me vai na alma, confesso 😉), mas a verdade é que adoro estas noites a duas, mesmo que durma mal e acorde com um torcicolo 😛.

No entanto, também sei que, uma vez dito sim, não é fácil explicar porque é que na vez seguinte é não, e não pode dormir com a mamã... Mas, eu cedo (às vezes mais por mim do que por ela, verdade seja dita) porque é maravilhoso dormir agarradinha aos filhos e sentir o seu cheirinho (devia ser possível "engarrafar" o cheiro dos nossos pequenotes, não acham?); e ter "direito a colinho" ❤.

Depois de alguma risota e brincadeira (com direito a sessão de selfies 😉) lá nos deitamos as duas, "em conchinha".

Diz-me a Mariana: 
- "É tão bom quando fico aqui contigo na tua caminha mamã! Gosto tanto de ti e do teu miminho. Vou ficar contigo para sempre".
Abracei-a bem forte, e adormecemos, assim, bem juntinhas, quase ao mesmo tempo.

Há alturas em que temos de deixar o amor "falar mais alto" em vez de permitir que as regras (ou teorias) nos levem a melhor. E, confessemos, há lá coisa melhor no mundo do que estes momentos de cumplicidade com os pequenotes? É o que basta para que um dia péssimo termine numa noite de sonho 💖.

Mais alguém costuma dormir com os filhos? Ou preferem "cada um na sua cama"? São adeptos de co-sleeping ou nem por isso? Vamos lá a trocar e partilhar experiências; são super bem vindas e eu "sou toda ouvidos".

Temos encontro marcado no próximo post 😊!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades e dos giveaways? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

quinta-feira, 29 de março de 2018

"Dicas da Mamã I: Para os fãs de festas coloridas"

#@ Se estão a planear uma festa, e preferem escolher e fazer tudo, no que se refere à decoração, em vez de encomendar artigos feitos à medida; este post é mesmo para vocês. Curiosos? Então toca a ler tudo!

Quando damos início ao planeamento de uma festa, por exemplo de aniversário, mais do que pensar em quem vamos convidar, preocupa-nos o tema - quando "este está decidido" fica tudo mais fácil. 
Segue-se depois a decisão: "procurar alguém que nos ajude com a decoração e faça tudo de raíz?"; "sermos nós a fazer todas as coisas? (se forem como eu esta opção nem vos passa pela cabeça, pois sou "uma naba" em trabalhos manuais 😜)"; ou "encomendar os artigos já feitos, e termos apenas de os colocar na festa?"

Muitas das vezes, pensamos nesta última hipótese, mas depois começam os receios: "hmmm, se encomendar online e demora muito a chegar?";  "e se o que vejo na imagem não é igual ao que vou receber?"; "onde consigo comprar tudo sem "me custar os olhos da cara?"; "só encontro balões e copos - então e as toalhas e guardanapos?"; "o que encontro, além de muito caro, não é em número suficiente"; "como vou conseguir encontrar tudo a tempo?"...

Calma, respirem fundo; eu tenho uma dica: Party Colorida. "O quê?", perguntam vocês? Eu repito: Party Colorida - uma loja de decoração e artigos de festa que vai ajudar a "evitar muitas dores de cabeça", no planeamento dos próximos aniversários e épocas festivas aí de casa; um negócio familiar, que tem tudo para dar certo e ser colorido como o arco-íris. Nós ficamos fãs (compramos lá algumas coisas para a festa da Mariana e para a minha também 😉) e recomendamos a todos.

Na Party Colorida, o "céu é o limite". A loja dispõe de artigos para pequenos e "graúdos": variedade de temas que agradam até os mais exigentes; artigos para todos os gostos - balões, guardanapos, pratos, copos, talheres, toalhas, máscaras, chapéus, grinaldas, pinãtas; hélio para encher os balões; materiais "de apoio" na decoração, como os pesos para prender os balões; lembranças; e disfarces, caso queiramos encarnar o herói preferido da criançada 😊.
Aliado a esta diversidade, contamos ainda com preços "à medida da nossa carteira"; e um atendimento de excelência, onde impera a simpatia e a atenção ao cliente - o João e a Joana estão sempre disponíveis para nos aconselhar e apresentar sugestões que vão de encontro ao que procuramos.
E se levarmos os pequenotes connosco, não há dramas: podemos fazer calmamente as nossas compras, enquanto eles brincam num cantinho só deles com plasticinas; livros de pintar e blocos de construção - como "veêm" nada foi deixado ao acaso:
Deixem-me advinhar: já estão cheios de vontade de ir até à loja comprar os miminhos para as festas dos pequenotes, não é verdade? Então dou-vos uma ajuda, a Party Colorida fica em Oeiras, no Largo Jorge Moutinho de Albuquerque 5D (por trás do SMAS) e está aberta de segunda a sexta-feira das 10h às 14h e das 15h às 19H; e aos sábados das 10h às 14h. Também fazem envios via CTT. Podem ver e saber mais aqui.
Gostaram desta dica? Alguém já conhecia a loja? Quem está em fase de planeamento de festas? Fiquem a saber que vou começar a partilhar convosco algumas "dicas". Que vos parece a ideia? Digam "de vossa justiça"; "sou toda ouvidos".

Até ao próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades e dos giveaways? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

terça-feira, 27 de março de 2018

"Tanto colo e mimo "fazem mal" à Mariana!"

#@ Quem nunca ouviu a frase: "ai, tanto colo e mimo fazem mal à criança!"? Eu já, várias vezes... Colo e mimo. Duas palavras tão cheias de amor e que geram tanta controvérsia... Um tema deveras "delicado" no "mundo da maternidade"; um tema que divide opiniões e formas de estar, e que "convida todos e mais algum" a comentar, criticar, julgar, mesmo quando não são convidados (ou não têm nada a ver, simplesmente!).

Eu, como mãe, sou a favor do mimo e colo desde o início - "usar e abusar" enquanto são pequeninos e "deixam" (sim, porque eles crescem e já não vão achar tanta piada ao "monstro dos beijinhos" 😜); acredito que o mimo fortalece os laços entre pais e filhos; que ajuda a criar adultos confiantes, com grande auto estima e emocionalmente fortes.
Eu fui mimada, e continuo a adorar que me mimem. O amor, carinho e mimo que me foram dados, ajudaram-me a ser uma pessoa melhor.

Na nossa casa, o mimo e o colo não têm hora para aparecer nem prazo para terminar; são uma constante - são dados de coração e sem ser preciso pedir. Se nós, adultos, temos dias em que precisamos tanto de mimo, o que dirão os mais pequenos?...

Não quero com isto dizer que pretendo que a Mariana seja "uma mimada" e sem "asas próprias" para levantar voo. Como tudo na vida, tem de haver um q.b., claro! Os mimos são afectos, e devem ser dados no momento certo e na dose certa. A dose certa é o que cada criança precisa, porque não há duas pessoas iguais.
Acredito, sem sombra de dúvidas, que colo e mimo não estragam - o que "estraga" é a falta dele; e preocupa-me viver numa sociedade que, cada vez mais, espera que os filhos "se amem sozinhos"; em que há cada vez mais adultos "sem cor", que negam dar e receber colo (que é tão bom e faz tão bem!).

E por aí, qual a vossa opinião em relação a este assunto? São a favor de mimo e colo ou acham que tem de haver limites? Partilhem a vossa experiência; é super bem vinda, e eu "sou toda ouvidos", como sempre 💞.

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

Espero-vos no próximo post!

@Mamã do @Bazar @#

domingo, 25 de março de 2018

"Recebemos a visita da Coelhinha da Páscoa..."

#@... E "chegou" carregada de ovinhos coloridos; orelhas cor-de-rosa e um sorriso encantador, que nos derreteu o coração:
Disse-nos olá, e, com muita alegria, quis regar as cenourinhas e a relva do jardim, não resistindo a comer algumas, pois já sabemos como os coelhinhos adoram cenouras ("que fazem os olhos bonitos", diz a Mariana 💖):
Aproveitou para nos desejar uma Páscoa Feliz, em família, com muito amor, saúde, gargalhadas e docinhos, e pediu que desejassemos também a todos os seguidores do blogue:
Antes de ir, quis ainda  dar um abracinho bem forte ao coelhinho peluche que passeava pelo jardim:
Depois, foi-se embora, muito feliz, por todo o amor e alegria que nos deixou. 
Boa Páscoa a todos; agradecemos por nos acompanharem nesta aventura e rirem e chorarem connosco 💗.

Caso queiram a visita do coelhinho (ou coelhinha) da Páscoa, basta contatarem a Jeanne Look Fotografia, nossa fotógrafa mágica favorita, e já está 😉. Cliquem aqui e marquem a vossa sessão de Páscoa. A nossa é a que está à vista 💞. Gostam? Digam-me tudo; "sou toda ouvidos".

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

Espero-vos no próximo post ❣

@Mamã do @Bazar @#.

sexta-feira, 23 de março de 2018

"Sim, somos CEO´s do Lar com muito orgulho!"

Foto by Jeanne Look Fotografia
#@ Este post é dedicado a todas as pessoas (homens e mulheres!) que acham que as mães a tempo inteiro ou tempo parcial "não fazem nada"; e que  as mães que trabalham, quando ficam em casa com os pequenotes por doença, por exemplo, ficam o dia todo sentadas a relaxar. Esta é a minha resposta a todos vocês...

Já ouviram falar em CEO do Lar; Diretora Executiva Familiar ou General Manager da Casa? Não?!? Então aqui vai a explicação: somos mulheres e/ou mães dotadas de diversas habilidades; disponíveis 24 horas por dia / 7 dias por semana;  cansadas ou não "vestimos a capa mágica" e encorporamos "n" papéis: cozinheira, mulher a dias, engomadeira, ama, educadora, psicóloga,  monitora, responsável das compras, motorista, médica, animadora, costureira, professora, bombeira, confidente,  publicitária, artesã, pintora, cantora, mediadora de conflitos, economista... A lista é imensa!

Porque ser mãe a tempo inteiro, não é um emprego. Um emprego é uma função que temos, que termina quando cessa o horário de expediente, e regressamos descansados para casa. Temos um salário; benefícios; férias; pausa para almoço; tempo para descansar. As CEO´s do Lar não: férias nem vê-las; pausa para o almoço e tempo para descansar só quando as crianças dormem ou estão na escola - mas nessa altura aproveita-se para tratar da roupa, comida ou de fazer compras e resolver assuntos; salário e benifícios não são monetários nem em géneros - chegam através dos sorrisos, abraços, beijinhos, mimos e carinhos dos filhos... E, honestamente, há no mundo melhor salário que esse?

Portanto, da próxima vez que vos passar pela cabeça proferir em voz alta alguns dos tesourinhos e clichés que, infelizmente, são (demasiado) comuns, tais como "és uma sortuda; estás em casa todo o dia" ; "não sei como não te fartas de estar em casa sem fazer nada"; "quem me dera ser como tu e mandar nos meus dias"; "ficaste em casa porque o filho está doente? Bem, ao menos aproveitaste para descansar", - "mordam a língua" e pensem mil vezes... 
Porque ser CEO do Lar é trabalhar com isenção de horário; sempre no nosso melhor; sem nunca faltar ou fazer greve; sem descurar os cuidados com os filhos, e as tarefas domésticas que se vão multiplicando ao longo do dia. Aposto que nunca tinham pensado nisto "deste ângulo", não é 😉? Pois...

Muitas CEO´s do Lar e Diretoras Executivas Familiares por aqui? Também costumam ouvir estes "tesourinhos fantásticos" que dão vontade de "apertar o pescoço" a quem o diz 😂? Conseguem respirar fundo e ignorar ou respondem "sem papas" na língua"? Contem-me tudo; sabem que "sou toda ouvidos", como sempre.

Até ao próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

quarta-feira, 21 de março de 2018

"Ganhei coragem e "saí da casca"..."

#@... E o resultado é o que vos mostro hoje 😊.
Quem me acompanha, sabe que já vos disse várias (muitas!) vezes que adoro registar momentos e ocasiões especiais em fotos; mas, com as outras pessoas, ou comigo e outras pessoas - sozinha nem pensar! Gosto mais de tirar fotos do que ser fotografada, embora não seja profissional. E acho que me vou "desenrascando".

Desta vez, "fui desafiada": a Jeanne (nossa fotógrafa favorita de todo o sempre) falou comigo e disse-me que seria giro fazer uma sessão de estúdio, eu mesma, muito ao natural, para mais tarde recordar. Inicialmente, a minha reação foi: "nop, nem pensar! Sozinha não!". 
No entanto, depois de várias conversas e troca de ideias, lá acedi a "sair da minha zona de conforto" (não me acho nada - e não sou! - fotogénica) e fazer uma sessão só minha, sem grandes filtros ou cenários, "deixando-me levar" pelo momento.

Confesso que não foi fácil, senti-me "exposta", mas a Jeanne foi fotografando com calma, sem pressões e acabamos por conseguir fotos giras, que ao olhar, nem "acredito que sou eu"; não me reconheço 😉. Partilho convosco algumas destas fotos, (e olhem que é um grande passo para mim!) onde mostro um pouco mais de quem sou, ao natural:






Também têm "receio" de ser fotografados? Sentem-se expostos quando a câmara "põe os olhos em vocês"? Gostaram do resultado: sejam sinceros; sabem que "sou toda ouvidos".
Aproveito ainda para deixar o meu muito obrigada à Jeanne Look Fotografia por mais um trabalho fantástico. Adorei💗. Visitem a página e vejam "o que sai" da lente mágica da Jeanne.

Até ao próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

segunda-feira, 19 de março de 2018

"Um dia do pai sem pai"

@# Não se assustem com o título: quer o meu pai, quer o maridão estão bem - simplesmente não estão fisicamente connosco (entenda-se comigo e com a Mariana) neste dia... Sinceramente, não sou daquelas pessoas que ligue muito a todas as datas e "mais alguma", mas há ocasiões (como dias do pai, mãe, avós, aniversários, natal e páscoa) que me fazem lembrar ainda mais a família, e que "pedem" para que estejamos todos juntos fisicamente (já que em coração estamos sempre).

Este ano é duplamente impossível: os meus pais tiveram de regressar a Viseu e o maridão está a trabalhar de noite (nestes dias não é fácil "trocar" - "todos temos" filhos e pais e ninguém quer abdicar de estar com os seus), pelo que o jantar foi a duas - com direito e muitas gargalhadas e mimo, aliás, como fazemos todos os dias (mimo não falta "por aqui" 😊!)

O que mais me custou foi o fato do maridão não puder marcar presença na festa de dia do pai que a escolinha da Mariana organizou... Sei que há coisas piores na vida, e que não somos caso único (infelizmente!), mas parte-se-me o coração que ele não possa "viver" estes momentos com ela; que sejam "privados" destas datas. É que agora, a princesa já percebe tudo e não é fácil explicar-lhe porque é que todos os amigos têm os pais presentes na festa e o dela não está...

De forma a "minimizar" a situação, o maridão foi buscá-la mais cedo; brincaram um bocadinho os dois e recebeu o seu presente (que a Mariana fez na escolinha) e que vos mostro mais abaixo. Depois, eu cheguei, ele saiu para trabalhar e ficamos as duas 💗. 

Sei que dia do pai pode ser em qualquer altura e podemos "festejar" noutra data, mas não consigo ficar indiferente a esta "ausência"; mexe comigo 😢... Se alguns de vocês estão a passar pelo mesmo, deixo-vos um xi bem apertadinho!
Resta-me encarar a situação pela positiva: teremos, certamente, muitos dias do pai para celebrar juntos ao longo dos anos, e enquanto houver amor, saúde e união entre todos, dia da mãe; do pai; dos avós; são todos os dias, sempre que nós assim o quisermos!

Aqui fica o registo dos miminhos do dia do pai:
Prenda da escolinha 

Elaborado por RiArte Inlobe 
E aqui fica ainda a minha homenagem aos dois pais da minha vida:
Eu e o meu Pai 💖

Mariana e o pai:
Mariana e o Pai (é mesmo a
"carinha chapada do pai", não é 🤑?)
Por aí, como celebraram este dia? Costumam passá-lo juntos e assinalar a ocasião em família? Ou também têm os "pais ausentes"? Contem-me tudo; já sabem que "sou toda ouvidos". 

Até ao próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

sábado, 17 de março de 2018

"Mamã, recebi o melhor presente do mundo!"

#@ Não é segredo que no passado dia 5 de Março, a Mariana fez quatro anos, nem que a festa foi no dia 11; mas o que ainda não vos mostrei foi a prenda preferida dela 💖, que a fez saltar de alegria e a pôs de olhos a brilhar 😍!

Já sabem que o tema do aniversário foram os unicórnios: a decoração, comida, vestuário e acessórios da Mariana foram todos pensados tendo em mente este tema, por isso, a prenda também teria de estar à altura 😊.
Como fã incondicional da Nici, nem pensei duas vezes na altura de decidir o que oferecer: a coleção Sweet Dreams 2018 contempla uma família de amiguinhos "Dream Friends", que são simplesmente uma autêntica ternura (apetece mesmo "trazê-los" todos para casa!), e o unicórnio é tão fofo, tão fofo que até eu tenho vontade de lhe dar miminhos 😍; e sabia que a Mariana iria amar e "delirar".
Não é de espantar, portanto, que quando abriu o presente, tenha ficado completamente encantada, e nunca mais tenha largado o "Arco-Íris" (nome que lhe deu), nem para ir à casa de banho 😛:



Cada um dos peluches desta coleção tem vestido um pijama às riscas para acompanhar os nossos pequenotes na hora de ir dormir. Antes de ir para a cama, escrevemos num papel o sonho dessa noite e colocamos no bolso do nosso amigo; para depois lhe fecharmos os olhinhos com a ajuda das vendas que estão junto aos gorros de dormir (assim que são puxados para baixo, adormecem de imediato).
A Mariana adora a nossa rotina de "escrever um sonho por noite", e dorme agarradinha ao Arco-Íris, que é "muito fofinho e macio, e leva embora os sonhos maus", diz ela ❤:


Se ainda não conhecem, passem no site e vejam esta e outras coleções da Nici aqui. Garanto-vos que vão deliciar e agradar toda a família (desde o bebé à bisavó 😊).
Mais fãs da Nici por aí? Quais os vossos artigos preferidos? Contem-me tudo; "sou toda ouvidos".

Psssttt, pssssstttt: já sabem que adoro partilhar convosco o que mais gostamos; por isso estejam atentos ao blogue: vamos ter surpresa com a Nici em breve 😉! E desta vez é para nós, mulheres 😊, porque também precisamos de mimo, não é verdade? Mas shiuuuuu; é segredo 😍.

"Vejo-vos" no próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

quinta-feira, 15 de março de 2018

"Somos uma família de Super Heróis"

#@ Dar-vos a conhecer o que mais gostamos e usamos no nosso dia-a-dia - este é um dos lemas do blogue, desde que viu a luz do dia há cerca de sete meses. É impressionante a quantidade de marcas e pessoas empreendedores que existem por este Portugal fora. O blogue "tem-me dado" o privilégio de conhecer um bocadinho mais das caras por detrás das marcas - e vos garanto que se as conhecessem também ainda ficavam mais fãs.

Sigo com muita atenção as novidades das marcas que "vivem no meu coração", por isso quando há um lançamento novo, fico em pulgas para saber mais e "ver ao vivo", como se fosse uma criança na noite de Natal 😊.

Assim, quando a Tiketa (que já faz parte do quotidiano da nossa família 😍) revelou que, passou a ter no seu leque de artigos, etiquetas autocolantes personalizadas para o carro, não consegui resistir e tive de encomendar uma para o veículo cá de casa. Não foi nada fácil a escolha, pois cada opção é mais fofa do que a outra 😛 (e há 45 modelos há disposição), mas lá me consegui decidir, com a ajuda da Mariana, confesso, e o resultado é o que vão ver 😊.

Acredito que dentro de cada um de nós vive um super herói, só que, às vezes, esquecemo-nos disso. Portanto, nos dias em que esse esquecimento "bater à porta", tenho uma lembrança fantástica na traseira do nosso carro que me vai fazer sorrir, de certeza. Porque somos mesmo uma família de Super Heróis, que dá o seu melhor todos os dias. 
E agora temos um autocolante a condizer, que desfila connosco quando andamos na estrada 😉:
Digam lá se não dá vontade de encomendar já um? E a frase pode ser personalizada a gosto também. Os nossos carros vão passar a ter ainda mais pinta, não acham? Partilhem comigo a vossa opinião; "sou toda ouvidos".

Deixo-vos o convite: visitem o site da Tiketa clicando aqui. Fiquem ainda a saber que, caso pretendam mais informações e queiram ligar, do outro lado da linha telefónica "vão encontrar" a voz simpática  da Patrícia 😊, que vos esclarecerá todas as dúvidas.

"Encontro-vos" no próximo post.

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

quarta-feira, 14 de março de 2018

"Mamã porque é que o papá nunca está em casa?"

#@ Há medida que os nossos filhos crescem, as perguntas vão-se tornando cada mais difíceis (e dolorosas!) de ouvir e de responder. Já não conseguimos, simplesmente, desviar-lhes a atenção para outro assunto, trocando de tema; ou "fingir" que não percebemos a dita questão - temos de lhes dar resposta, mesmo quando até a nós é duro justificar.

Quem nos acompanha já conhece bem demais a nossa história dos horários trocados e de ausência de "suporte familiar" (que podem reler aqui, aqui e aqui). Por mais que saibamos que esta é a nossa realidade; que temos muitas coisas boas na nossa vida; que andemos com um sorriso no rosto, até quando as coisas não correm tão bem; e que nunca falte amor à Mariana (que, no fundo, é tudo que importa!), não deixa de nos custar (e dificultar) esta ser a situação que vivemos diariamente.

Por isso, quando estamos as duas, sentadas à mesa a jantar, e ela me pergunta diretamente e sem rodeios: "mamã porque é que o papá nunca está em casa? Ele não tem saudades de nós?"; não consigo evitar sentir-me triste e desanimada (e até mesmo conter o choro), apesar da minha cara e da minha boca dizerem outra coisa. "Filha, já sabes que o papá está a ganhar o tostão para a comida, a roupa, os ténis, a escolinha. Ele preferia estar aqui connosco, mas não pode ser. Tu sabes que ele te ama muito e sente sempre a nossa falta." - respondi com o maior sorriso que consegui esboçar. E a conversa ficou por ali.

Tento sempre ver o lado bom dos horários trocados do maridão (sim, apesar de poucas, também há coisas boas): a Mariana pode dormir até mais tarde e vir mais cedo da escola; quando está bom tempo pode ficar com o pai em casa e irem passear; o maridão consegue tratar de compras e "burocracias" durante a semana, sem um de nós ter de faltar ao trabalho; quando a princesa está doente, conseguimos "jogar com os dias" e às vezes não é necessário eu faltar; conseguem aproveitar tempo "pai e filha" de qualidade (mesmo que o tempo a três seja pouco). 
Este é o "exercício mental" que me obrigo a fazer nos dias "mais dolorosos", e é o que tento explicar e transmitir à Mariana para justificar as "ausências forçadas do pai" e as noites e fins-de-semana passados a trabalhar. Mas confesso que o meu coração fica do tamanho de uma migalha sempre que ela chora para o pai não ir "ganhar o tostão" ou por o pai não estar (e sei que o dele fica completamente destroçado também).

Não encarem este post como uma queixa ou uma lamentação; é sim um desabafo, como tantos outros que partilho convosco; como tantos outros que "deito cá para fora" neste meu (nosso) cantinho do dia-a-dia. Sei que sou abençoada pela família (im)perfeita que construí(mos) e por tanto amor que nos une, mas não deixa de custar estes horários trocados nem as saudades que a Mariana tem do papá 😣.
Mais alguém por aí a "ouvir" as mesmas perguntas? O que costumam responder aos pequenotes? Troca de experiências é bem vinda; "sou toda ouvidos".

"Vejo-vos" no próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

@Mamã do @Bazar @#

segunda-feira, 12 de março de 2018

"A festa dos quatro anos da Mariana"

#@ Foi ontem, dia 11 de Março, domingo, das 15h às 17h30, que festejamos junto da família mais chegada, e dos amigos (nossos e da Mariana) que nos dizem muito. Foram horas de alegria, gargalhadas, felicidade e muito amor ❤ (ok, ok e cansaço também, "que isto de juntar" 14 crianças no mesmo espaço não é "pêra doce" 😛).
Mas, o mais importante, foi ver o brilho nos olhos da Mariana e saber que adorou cada segundo da festa de aniversário. E é oficial: os quatro anos já passaram - tenho de me mentalizar que a minha filha é uma menina; que há cada vez menos traços de bebé nela (e acreditem que não é fácil...).

O planeamento da festa começou a ser feito no final de Dezembro de 2017, tendo em mente uma permissa: este ano não iríamos gastar tanto dinheiro como no aniversário anterior; iríamos tentar ser o mais "poupadinhos" possível 😏, pois não somos ricos nem gostamos de "esbanjar dinheiro" (penso que muitos de vocês sintam o mesmo).

A poupança maior foi no espaço: (e deixo-vos a dica!) já tinhamos ouvido falar, e alguns amigos nossos já lá tinham feito as festas de aniversário dos pequenotes, nos Salesianos de Lisboa - disponibilizam as salas para fazer as festas, aos fins de semana de manhã e à tarde, sem qualquer custo. A juntar, dispõem de insufláveis e uma pista com tricilos onde a criançada pode brincar, sendo que o espaço é coberto e o piso preparado para o efeito. Adorei, e poupamos no espaço e na animação, em simultâneo. Já sabiam desta possibilidade?

Depois, optamos por decoração, bolo e catering feitos por marcas e pessoas amigas, cujo trabalho é fantástico e à medida das nossas carteiras - mais abaixo já vos mostro o resultado 😊 (e, modéstia à parte, ficou um ternura 💖!).
Quero agradecer, uma vez mais, as centenas de mensagens e felicitações de parabéns, que nos encheram o coração. Bem haja a todos 😍!

Sem mais demoras, partilho convosco fotos de momentos, detalhes e decoração da festa, aproveitando, novamente, para dizer obrigada a todas as pessoas e marcas que ajudaram a tornar este dia tão encantado e especial (e que vou identificar nas respetivas imagens para que vocês possam visitar as páginas também e deliciarem-se 💗):

Decoração by Riarte Inlobe
Bolo, cupcakes e brigadeiros by Doçaria das Gêmeas
Balões cheios by Party Colorida
Decoração Riarte Inlobe
Brigadeiros Doçaria das Gêmeas
Caixa de Mensagens Unicórnio by HcarD
Cupcakes by Doçaria das Gêmeas


Bolo By Doçaria das Gêmeas
Vela Unicórno Miminhos da Rita

Decoração by RiArte Inlobe
Unicórnio em feltro  by Only Crafts

Grinalda Parabéns Detalhes by Cat
Balões cheios by Party Colorida
Bolo aniversário by Doçaria das Gêmeas
Sweat Mariana by Um,dois,três
Gancho Mariana by LUNA
Pulseira Mariana by Migu Pulseiras Protetoras
Fio Mariana by Miss Bead
Calções Mariana by Su and Kids Tuc Tuc

Lembranças para os amigos Criações By Marina Alves
Gostam do resultado final? Também estão em fase de planeamento da festa de aniversário dos vossos pequenotes? Procuram opções mais económicas, ou preferem gastar sem orçamento definido? Contem-me tudo; as vossas dicas são sempre fantásticas; e eu "toda ouvidos".

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos também no Instagram aqui.

Espero-vos no próximo post.

@Mamã do @Bazar @#

"Sete anos do melhor de mim..."

#@ Sete anos; a minha princesa faz hoje sete anos 💖. Filha, apesar de hoje ser o dia do teu sétimo aniversário, já te amo há mais tempo que...