segunda-feira, 1 de junho de 2020

"Já não aguento! Por favor parem..."


#@... de desvalorizar o perigo de contágio; de criticarem quem tem medo de estar em espaços cheios de gente; de sair sem se protegerem e aos outros.
Como é que há quem ainda não tenha percebido que o seu comportamento; que as suas decisões e a sua não preocupação com as regras de higiene respiratória e de distanciamento, não prejudicam só a si próprio, mas sim aos outros?!?

É que o Covid 19 está entre nós. É real. É perigoso. Altamente contagioso. E não, não é só uma gripe. Por favor, de uma vez por todas, parem de o dizer e tenham consciência do que é!

Não consigo compreender as pessoas que desvalorizam e desdramatizam a gravidade do Corona Vírus. 
Não consigo compreender como as pessoas em quarentena, supostamente obrigatória, violam esta obrigação, pondo-se em risco a si e aos outros.
Onde está o respeito? O civismo? O cuidar de mim, dos meus e dos  outros?
Onde está o dever de proteger quem nos rodeia, a obrigação de ser consciente e responsável?
Não consigo aceitar as pessoas que me dizem "esquece isso! - é só uma simples gripe. Não vou deixar que isso me tire o sono!".
Acordem para a vida pessoas!
O vírus circula pelo mundo. O vírus é real e já infetou milhões de pessoas.
O vírus é perigoso; não se conhece na totalidade as suas implicações; não se sabe ainda o que podemos ou não esperar dele.
Mas uma coisa é certa: não é uma simples gripe!

Por favor cuidemo-nos. 
Por favor respeitemo-nos.
Vamos seguir as recomendações e lavar as nossas mãos constantemente; tossir para os braços; deitar fora os lenços descartáveis após nos assoarmos; evitar espaços cheios de gente; não dar beijinhos nem abraços; usar máscara nos locais fechados; e até em espaços abertos, se não for possível cumprir as distâncias de segurança - mal não faz. Antes pelo contrário.
Por agora, vamos usar o nosso tempo a fazer o que realmente importa: cuidarmo-nos e cuidarmos de quem nos rodeia, sem comportamentos de risco, sem ignorar a gravidade da situação que o mundo inteiro está a viver e enfrentar.
Por favor vamos todos fazer a nossa parte e contribuir o melhor que sabemos/podemos, mesmo que isso passe por evitar o contato próximo com os que amamos, e que estão inseridos em grupos de risco, o tempo que for necessário.

Desculpem este desabafo, mas não podia deixar de o fazer.
O blogue não retrata só a nossa vida real; é também o "nosso (meu e vosso) espaço virtual", pelo que me sinto na obrigação de vos deixar o alerta 💖.
Tenho fé que se todos fizermos a nossa parte, iremos conseguir dar a volta. Juntos. Com civismo. Respeito. Consciência.

Somos fortes. Acredito que vamos conseguir ultrapassar este grande desafio.
JUNTOS.
Força a todos nós.
Sintam-se à vontade para se juntarem a mim e desabafar. 
"Aqui" somos "todos ouvidos".

Até ao próximo post!

Nota: o Facebook mudou o algoritmo; vão ver mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde deixaram o vosso like. Querem saber quando há publicações nossas e estar sempre a par das novidades? Então na página de facebook do blogue, clicam onde diz “A Seguir” e selecionam "Ver Primeiro".
Sigam-nos ainda no Instagram aqui e no blogspot também conto convosco - vão à página inicial aqui do blogue; no canto superior direito clicam "seguir" e já está 😊.

@Mamã do @Bazar @#

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Sete anos do melhor de mim..."

#@ Sete anos; a minha princesa faz hoje sete anos 💖. Filha, apesar de hoje ser o dia do teu sétimo aniversário, já te amo há mais tempo que...