domingo, 27 de agosto de 2017

"O meu filho é melhor que o teu!"

#@ Que frase tão sem graça esta, não é? Todos os pais, a uma dada altura, se vêem envolvidos na batalha do "meu filho é melhor que o teu". E nem precisamos de estar à procura, simplesmente vem ter connosco sem que possamos dizer põe-te a andar; esta batalha não me interessa..."

Cá por casa gostamos pouco de comparações e evitamo-las ao máximo, pois acreditamos que em nada ajudam a um crescimento saudável. Antes pelo contrário. Mas, a verdade é que, mesmo sem procurar, os "pais competitivos" vêm ter connosco. 
Às vezes basta estar na fila do supermercado; num parque ou até mesmo num consutório médico, e lá começa o interrogatório: "quanto pesa?; quanto mede?; já dorme sozinha?; quando largou a fralda?; e a chucha?;... E com as perguntas chegam as comparações e insinuações: "ah, o meu pesa mais, mas a sua está muito elegante"; "com essa idade o meu falava mais correto, deve ser porque puxamos mais por ele"; "o meu nunca usou chucha e sempre dormiu a noite toda"....  Nestes momentos "tenho de morder a língua com muita força" (que até dói!) para não dizer o que me vai na alma, e fazer o tão famoso "sorriso amarelo".

Cada criança tem o seu ritmo, o seu tempo, a sua personalidade. Não há melhor ou pior. Há sim diferenças. E são essas diferenças que tornam cada criança única e especial. Não é óbvio?!? Sinceramente, esta é das situações que mais me irritam. É, basicamente, um não assunto. Eu bem tento "fugir a sete pés" destes pais competitivos, mas parece que estão a tornar-se moda, e marcam presença em toda a parte. Assusta-me muito que haja crianças a crescer com "esta pressão".

Se houver pais competivivos a ler este post, espero que tenham outra perspetiva da ideia "o meu filho é melhor que o teu" e comecem a pensar antes de falar. Há assuntos tão mais enriquecedores para iniciar uma conversa com um desconhecido numa fila de supermercado... Ainda bem que as crianças são alheias a esta "guerra" e brincam descansadas enquanto os pais iniciam a "competição".

Mais alguém por aí a querer acabar com esta "batalha"? Como costumam reagir quando vos abordam "para competir"? Dicas e sugestões procuram-se pois há alturas em que não consigo disfarçar a irritação.... Como sempre, "sou toda ouvidos".

@Mamã do @Bazar @#

Façam-nos também companhia na página de facebook do Blogue da Mamã do Bazar

2 comentários:

  1. hoo Sónia é verdade, eu também odeio que comparem crianças todas as crianças são diferentes os adultos são uns invejosos e competitivos eu estou sempre a ouvir falarem de peso uns dos outros eu so penso que quero um bebe saudável não quero um bebe gordo que nervos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. Penso da mesma forma. Obrigada pela partilha ❤

      Eliminar

"Sete anos do melhor de mim..."

#@ Sete anos; a minha princesa faz hoje sete anos 💖. Filha, apesar de hoje ser o dia do teu sétimo aniversário, já te amo há mais tempo que...