sábado, 9 de dezembro de 2017

"Como lidar com os "sugadores de energia" que existem na nossa vida?"

#@ "Sugadores de energia"... Perguntam vocês: "o que é isso"?... Poderia tê-los apelidado com um nome mais feio (e menos digno), mas por questões de educação escolhi este "termo carinhoso"... 

Quem costuma acompanhar o blogue, já está "cansado" de saber que não escrevo só coisas bonitas e cor-de-rosa... O blogue é o meu "refúgio", onde partilho momentos e vivências felizes e infelizes; desabafos; medos; sonhos; e, sobretudo, funciona como "terapia da alma": ao escrever alívio o que trago cá dentro (podem ler outros desabafos aqui e aqui). E este post é isso mesmo: um "deitar cá para fora" algo que me incomoda (demasiado!) há imenso tempo.

Penso que a maior parte de nós "padece deste mal" e conhece "sugadores de energia" (infelizmente!) - que não são nada mais, nada menos, do que pessoas que "se alimentam" da infelicidade dos outros; pessoas que nos rodeiam de energia negativa; e que sempre que falam ou opinam (mesmo sem serem convidados) só têm coisas menos simpáticas ou críticas a fazer. 
Ora façam um exercício e pensem se conhecem alguém assim? Certamente vão lembrar-se de uma ou duas pessoas (senão mais...) que encaixam perfeitamente neste perfil... E agora digam-me: como lidam com elas?!? É que eu ainda não descobri a fórmula mágica...

Hoje escrevo-vos como ser humano (e não como mãe; mulher; filha; ou mais algum das dezenas de papéis que encarno) que está farto de ver a sua energia ser "comida" (literalmente) por estas ditas pessoas. Escrevo porque estou cansada da maldade desmedida que anda por este mundo (seja pessoal ou profissional) e da falta de solidariedade e empatia entre todos nós. Estou triste: comigo por não saber afastar estes "sugadores"; e com o sistema por permitir (e até mesmo incentivar!) que eles se reproduzam cada vez mais. 

Tentamos incutir valores, educação, igualdade, respeito e formação; damos amor desmedido, carinho, sorrisos e muito incentivo positivo para que a Mariana acredite sempre em si; para que cresça feliz e segura de si. Mas assusta-me que cresça num mundo assim; que seja este o legado que estamos a deixar para as gerações vindouras. 

Eu tento "fugir a sete pés" destes "sugadores" que andam por aí, mas é uma tarefa dura... O que aprendi foi que é mais fácil ignorá-los do que gastar (ainda mais) energia a tentar mudá-los. Basicamente, não deixo que me afetem: "combato" as críticas com sorrisos; as implicâncias com boa disposição; o negativismo com muita luz e alegria;... Acreditem que não é fácil, mas se repetirem este comportamento várias vezes, "eles" acabam por desistir. 
E, no final do dia, vocês estarão melhores convosco próprios, pois não perderam tempo (que é tão valioso) com o que não vale a pena.

Se algum "sugador de energia" me estiver a ler, espero que este meu "desabafo" lhe dê que pensar e que ao acordar amanhã, tenha menos vontade de "sugar a energia" de quem lhe é próximo. Experimentem; vão ver que "não dói nada". 

Mais alguém conhece "sugadores de energia"? Como costumam "lidar" (ou não) com eles? Têm algum conselho para me (nos) dar? Sabem que "sou toda ouvidos".

Já acompanham o blogue no facebook? Ainda não? Então toca a fazê-lo aqui.

Temos encontro marcado no próximo post 😊!

@Mamã do @Bazar @#

2 comentários:

  1. Arre, sem dúvida que os sugadores de energia também são um dos meus males. Acho que eles nem se apercebem que são pessoas tóxicas e que sugam a energia dos outros, mas mesmo que saibam não vão conseguir mudar... O que li há uns anos atrás é que esse tipo de pessoas não sabe/consegue criar a sua própria energia e por isso sugam a energia das pessoas que conseguem. Também acho que não vale mesmo a pena tentar mudá-los, como disseste e bem.
    Também não encontrei a fórmula mágica, o que faço é fugir a sete pés deles. O pior são aqueles com quem trabalho, porque não me posso afastar. Nesse caso tento não dar confiança, de maneira a que não estejam muito tempo à minha beira, e ao sair do trabalho visualizo toda a negatividade a sair do meu corpo e inspiro fundo ar "puro" e imagino que é positividade. Não sei se faz sentido assim escrito, mas resulta para me aliviar um pouco. Enfim, também vou ficar à espera de mais dicas, porque é um grande problema para mim também.

    ResponderEliminar
  2. Eu tinha uma legião de sugadores na minha vida. Simplesmente desapareci da vida deles e eles da minha. Os que vão aparecendo não duram muito tempo ao meu lado porque tenho uma bela coleira anti sugadores da marca Tratamento do silêncio... Top

    ResponderEliminar

"Sete anos do melhor de mim..."

#@ Sete anos; a minha princesa faz hoje sete anos 💖. Filha, apesar de hoje ser o dia do teu sétimo aniversário, já te amo há mais tempo que...